Virtudes cardeais: a fortaleza

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “virtudes cardeais: fortaleza”.

A virtude da fortaleza é uma virtude cardeal e uma das maiores virtudes humanas. Sem ela nossa bondade é apenas aparente e não efetiva. Sem ela há muitas promessas e pouca realidade.

Sem ela:
– prometemos que chegaremos na hora, mas chegamos atrasados;
– prometemos que deixaremos de exagerar na bebida, mas continuamos exagerando;
– prometemos que vamos começar a estudar todos os dias naquela hora prevista, e nossa promessa fica no vazio;
– prometemos que seremos fiéis, mas traímos;
– prometemos que iremos à missa todos os domingos, mas esse propósito nunca se cumpre;
– prometemos que não perderemos mais tempo útil ficando ao celular, e essa promessa cai no esquecimento etc.

Como vemos, a virtude da fortaleza nos é solicitada continuamente, pois é ela que nos ajuda a viver aquilo que dizia um santo, e que sabemos que deveria ser a nossa vida: “Faz o que deves e está no que fazes”.

Uma pessoa responsável enxerga que viver é fazer em cada momento o que deveria estar fazendo e não outra coisa. Enxerga que há muitos inimigos que nos querem impedir de cumprir o nosso dever, como a preguiça, o egoísmo, o medo, a sensualidade, a vaidade, mas vê que precisa vencer esses inimigos para ser uma pessoa boa efetivamente. Vendo isso, entende que a virtude da fortaleza é uma grande aliada para alcançar essa meta.

Como dizia um autor espiritual, para sermos fortes, precisamos ter a cabeça forte, o coração forte e os braços fortes (cf. Rafael Llano, “A Fortaleza”). Falemos um pouquinho desses três pilares da fortaleza.

a) cabeça forte

A fortaleza começa pela cabeça. Uma pessoa sem princípios, sem valores profundamente arraigados, cederá diante da primeira tentação.

Assim, por exemplo, se uma pessoa não tem o valor da honestidade bem firme em sua cabeça, cederá facilmente diante de uma situação que a levará a ganhar mais dinheiro de modo desonesto. Por outro lado, uma pessoa de cabeça forte manter-se-á íntegra, qualquer que seja a tentação a que esteja submetida.

b) coração forte

A fortaleza passa também pelo coração. Uma pessoa de coração fraco cederá diante da primeira moça ou do primeiro rapaz que lhe der um pouco mais de atenção.

O coração forte mantém-se firme diante dos apelos do coração ou dos apelos da sensualidade. O coração forte também não é carente e consegue superar logo a perda de uma pessoa querida. Coração forte não significa coração frio, mas um coração que sabe controlar serenamente os seus sentimentos.

c) braço forte

A fortaleza alcança também os braços. Assim, a pessoa forte é aquela que sabe mover-se para cumprir o seu dever, como dissemos acima. E sabe também fugir de tudo aquilo que possa lhe fazer mal, que possa prejudicá-la. Assim, sabe fugir das ocasiões que a levem a ofender a Deus, a prejudicar a sua saúde, a fazer o mal ao próximo.

Como podemos crescer na fortaleza da cabeça? Lendo bons livros, lendo a Bíblia, convencendo-nos cada vez mais dos valores para sermos pessoas de princípios sólidos. Como podemos crescer na fortaleza do coração? Controlando mais os sentimentos, não deixando que eles nos dominem. Como podemos crescer na fortaleza dos braços? Cumprindo o pequeno dever de cada dia, sem dar desculpas, sem adiar.

Cresçamos na virtude da fortaleza e nossa vida se encherá de uma grande alegria. Vale a pena!!!

Uma santa semana a todos!

Padre Paulo