Uma pergunta fundamental: qual é a minha missão?

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “uma pergunta fundamental: qual é a minha missão”.

Todos nós temos uma missão aqui na terra!!! Ninguém de nós nasceu por acaso. E essa missão só nós poderemos fazê-la. Ninguém poderá nos substituir.

Por isso, uma pergunta fundamental que todos nós devemos fazer é esta: qual é a minha missão? O que Deus quer de mim? Por que Ele me criou neste período da história, nesta cidade, nesta família etc?

As pessoas que vivem sem uma resposta a esta pergunta, vivem meio perdidas. Sem um rumo claro e definido. Suas vidas parecem mais uma colcha de retalhos do que outra coisa. Por outro lado, saber qual é a nossa missão nos enche de um sentido profundo a nossa vida e nos dá uma alegria que nenhum bem material pode nos dar.

Outra ideia importante é que através dela nós faremos coisas inimagináveis. Deus quer servir-se de nós para transformarmos vidas, para fazer o bem a muitas pessoas e que deste bem se desencadeiem muitos e muitos outros bens. Deus quer servir-se de nós para sermos o elo de uma corrente de bens. Deus quer servir-se de nós para sermos luz a muita gente, para que muita gente encontre o caminho do amor, da alegria e da paz. Deus quer servir-se de nós para confortar humana e espiritualmente tantas e tantas pessoas necessitadas neste mundo.

A primeira dica que dou para que possamos descobrir nossa missão é ter um tempo de oração e reflexão. Se deixarmos nossa vida ser levada numa correria frenética, dificilmente a descobriremos. Pelo menos que façamos esta oração: “Senhor, que queres de mim, que queres que eu faça aqui na terra?”.

A segunda dica é pensar que nossa missão se traduz, de modo concreto, em quatro missões e que se referem não a um futuro longínquo, mas ao dia de hoje ou nos próximos dias:

a) missão na família

Não é por acaso que Deus me colocou nesta família à qual pertenço. Eu tenho uma missão a desempenhar nesta família. O que Deus quer de mim nesta família? Qual o meu papel? Trazendo para o momento presente: qual é a minha missão nesta semana? Talvez seja falar com um irmão que está passando por uma situação difícil. Talvez seja dar atenção a uma prima que está no hospital. Talvez seja marcar um encontro com meu pai para conversarmos melhor e voltarmos a ter uma sintonia mais profunda.

b) missão no trabalho

Todos nós temos uma missão em nosso trabalho. Não é por acaso que estamos nele, que estamos ao lado de determinados colegas. O que Deus quer que eu faça no meu trabalho nesta semana? Converse com alguém, ajude alguém, dê um conselho a alguém?

c) missão com os amigos

Também não é por acaso que temos os amigos que fomos conhecendo ao longo da nossa vida. Por isso, eu posso perguntar: qual é a minha missão com meus amigos nesta semana? Quem está precisando de umas palavras de consolo? Quem está precisando de uma luz, de um conforto, de umas palavras de ânimo?

d) missão na sociedade

Esse é o quarto âmbito da nossa missão. Deus pede que façamos algo pela sociedade, pelas pessoas necessitadas. E cada um de nós tem um talento para algo, mais gosto e facilidade para algo concreto. Essa é uma missão muito importante. Não podemos ficar de braços cruzados vendo tantas pessoas necessitadas sem que haja quem as ajude.

Pensemos nesta grande verdade: Deus nos criou e tem uma missão para cada um de nós aqui na terra. Perguntemos a Ele, fazendo um pouco de silêncio, qual é a nossa missão. E, uma última dica, que no final do dia, depois de fazermos as nossas orações, pensemos um pouquinho nas quatro missões apontadas acima, usando talvez um bloco de notas ou o celular para fazer algumas anotações, para ver o que devemos fazer com relação a elas.

Uma semana abençoada a todos!
 
Padre Paulo