“Mergulhar” na missa

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “mergulhar na missa”.

A missa tem um valor incalculável. A primeira missa foi celebrada por Cristo na Última Ceia, e no dia seguinte Ele terminou morrendo na Cruz. Para quem tem fé, esse foi o acontecimento mais importante da terra. No dia de hoje, o acontecimento mais importante que ocorrerá será a Santa Missa, que será celebrada nas igrejas em todas as partes do mundo.

O que nós vemos na missa eu diria que é 10% do que realmente acontece. Porque na missa estão presentes a Santíssima Trindade, o céu inteiro, todos os Anjos e santos; estão presentes as Almas do Purgatório; estão presentes Nossa Senhora, São José, nossos Anjos da Guarda etc. E na missa vão se tornar presentes a Paixão, Morte, Ressurreição e Ascensão de Jesus Cristo aos Céus.

Muitos cristãos sabem que a missa tem um valor incalculável, porém:
– não sabem bem como assistir a ela;
– não sabem o que ocorre em cada parte da missa;
– nunca leram um livro que explicasse o que é a missa.

Pensando nisso, decidi escrever, uns anos atrás, um livro sobre a missa para que as pessoas pudessem conhecer esse mistério e mergulhar nele; para que pudessem saber o que ocorre em cada momento da missa e também “viver” cada momento da missa.

Esse livro está todo num blog para que todos tenham acesso:
https://ordinariodamissa.wordpress.com/

A estrutura do livro está concebida para ser assim: do lado esquerdo da página aparece o roteiro da missa, chamado ordinário da missa, e logo embaixo segue um comentário meu sobre o que está acontecendo naquele momento. Do lado direito da página é sugerida uma figura para representar o que está acontecendo naquele momento. Começa assim o livro:

* * *

Em nome do Pai † e do Filho e do Espírito Santo.
T: Amém* .

O sacerdote saúda o povo:
A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.
T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.
___________________________________________________________
Quando o sacerdote faz o sinal da Cruz, ele nos diz que estamos na igreja “Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”. Em nome da Santíssima Trindade, estamos aqui para participar da Santa Missa. Estou aqui, Senhor, porque me chamaste! Que alegria poder estar contigo! Sonho com o dia em que poderei estar te vendo cara a cara!

Estamos aqui em nome da Santíssima Trindade e, agora, depois que o sacerdote fez o sinal da Cruz, com a Santíssima Trindade.

Sabendo que estaremos diante de tal presença, como não nos preocuparemos em preparar-nos! Os santos nos ensinaram a preparar este momento com todo o carinho[i]. É o momento de estarmos recolhidos, deixando de lado todas as preocupações da nossa vida ou confiando-as a Deus.

S. João Maria Vianney dava um grande conselho para assistirmos a esta Santa Celebração: colocarmo-nos ao lado de Nossa Senhora. Ela era o apoio de Jesus no Calvário. Ela foi quem mais se identificou com os sentimentos de Cristo nesta hora, quem melhor compreendeu o mistério da morte de Cristo. Peçamos a ela que nos acompanhe a partir de agora e que junto com o Espírito Santo nos vá inspirando sobre tudo o que devemos fazer em cada momento.

FIGURA 1: famílias em atitude de recolhimento aproximando-se da igreja, do lado de dentro da igreja, junto da porta de entrada: a Santíssima Trindade, Nossa Senhora e os anjos à nossa espera; dar um tom bem celestial à igreja, contrastando com o lado de fora da igreja; como se as pessoas estivessem entrando no Céu.
 
* * *

Que a leitura deste blog sirva para todos mergulharem no maravilhoso mistério da Santa Missa e que possam amá-la cada vez mais.

Uma santa semana a todos!
 
Padre Paulo