Fé: com Deus tudo tem saída

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “fé: com Deus tudo tem saída”.

A mensagem da Páscoa, da ressurreição de Cristo, nos diz que com Deus tudo tem saída.

O que viram e sentiram os apóstolos quando Jesus morreu na cruz? É muito importante fazer esta pergunta. Eles viram toda a esperança que possuíam ir embora. De fato, os apóstolos, ainda com uma visão humana, pensavam que Jesus ia instaurar o reino na terra. Mas, morrendo na cruz, tudo estava indo água abaixo.

Depois também viram a pessoa mais incrível que já havia conhecido ir embora. Isso era desolador. Profundamente deprimente. Quando muitos discípulos de Cristo o abandonaram ao prometer que Ele seria nosso alimento, por achar isso algo impossível de ser feito, Jesus se voltou para os apóstolos e lhe perguntou se eles também queriam ir embora. Mas, Simão Pedro tomou a palavra e disse: “Sem ti, aonde iremos, Senhor, pois só tu tens palavras de vida eterna”. Ou seja, Cristo era tudo para eles. E agora, sem Ele, tudo era tristeza.

A morte de Cristo na cruz, então, foi a maior desolação para aqueles apóstolos que o seguiam tão de perto. No entanto, ao verem Jesus ressuscitado no domingo de Páscoa, além da explosão de alegria que sentiram, fez-lhes entender algo fundamental nas suas vidas. Quem vai nos explicar isso é São Paulo.

São Paulo, pensando na ressurreição de Cristo, ou seja, a passagem da morte para a vida, vai dizer que ela é, vejam que interessante, a vitória sobre a morte. Isso mesmo, ela é a vitória sobre a morte. Ou seja, com Cristo já não há mais morte. Ele transforma a morte em vida. Com Cristo, já não há mais beco sem saída. A morte e tudo o que pode representar a morte, TEM SAÍDA!!!

O que é a morte para nós?
– a própria morte;
– uma doença grave;
– os becos sem saída que podem aparecer na nossa vida: todos os problemas que parecem não ter solução etc.

O que São Paulo dirá sobre isto? Que nada disto, a partir da ressurreição de Cristo, é morte, pois Cristo transforma tudo em vida:
– transforma a própria morte em vida; de fato, com a ressurreição de Cristo a morte passa a ser o início da Vida com maiúscula, a Vida Eterna;
– transforma a doença em vida; pois Cristo, que vence a morte, pode curá-la ou aliviá-la;
– transforma os becos se saída em vida: pois Cristo, que ultrapassou o umbral da morte, nos ajudará a vencer os umbrais de todas as nossas dificuldades.

Ou seja, a Páscoa é portadora da maior de todas as mensagens que o homem pode receber: a mensagem da esperança e de que TUDO TEM SAÍDA! Mais ainda, é o fundamento de toda esperança: a vitória de Cristo sobre a morte, sobre tudo que possa significar a morte.

Festejemos, portanto, a Páscoa a plenos pulmões! Mas não esqueçamos: só “com” Cristo, vencemos. Portanto, façamos o propósito de “estar com Ele”, isto é, colocá-lo em primeiro lugar na nossa vida.

Uma semana abençoada a todos!

Padre Paulo